AGENDA

SESSÃO ITINERANTE - CRISTALINA (CANCELADA): 01/12 - 18H30

imprensa

12/08/2022

Pronunciamento

"Não tenho medo de ameaça, não tenho medo de processinho", declara Jean Pirola

Destaque

O vereador Jean Pirola (PP) afirmou na tribuna que “algumas pessoas, alguns condenados, alguns cidadãos da cidade que se dizem baluartes da política, acham que vão nos calar fazendo processinho”. A quem se referia, ele chamou de “ad aeternum comissionados” (para sempre comissionados), “que nunca conseguirão se eleger, porque não têm competência para chegar numa casa legislativa ou prefeitura”, e para estes dirigiu outro recado: “Continuem tentando. Sou advogado, não tenho medo. Não tenho medo de ameaça, não tenho medo de processinho”. Adiante, acrescentou: “Quem concorre a eleições com liminar deveria ter vergonha, isso era o que a gente ouvia”. A fala do progressista foi proferida durante a sessão ordinária da terça-feira, 9 de agosto.

Eleições 2022

Num segundo momento, o parlamentar exibiu nos telões do plenário um vídeo que veicula a informação de que a microrregião de Brusque, Guabiruba e Botuverá está há quatro anos sem contar com a representatividade de um deputado estadual e há 16 anos sem eleger um deputado federal. O material defende que os eleitores da microrregião - 115,2 mil, no total, unam-se em torno da eleição de representantes para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e a Câmara dos Deputados, com o argumento de que, assim, as três cidades poderiam receber muito mais recursos públicos via emendas parlamentares, emendas de bancadas e como resultado dos esforços individuais dos deputados junto às secretarias estaduais de governo, em Florianópolis, e os ministérios governamentais, em Brasília.

“Que a gente possa escolher os candidatos daqui, da nossa microrregião”, frisou Pirola. “Em dois anos e meio, o senador Esperidião Amin conseguiu encaminhar R$ 2,5 milhões para a nossa Saúde. Quanto um deputado federal daqui poderia trazer? Quanto um deputado estadual poderia trazer? Quanto nós deixamos de receber, não só em relação a emendas, valores, mas em termos de representação da nossa cidade e região no estado e na União?”, questionou. “Peço que a gente possa fazer boas escolhas, porque depois não adianta chorar. Pesquise bem quem é o teu candidato. Ficha limpa deveria ser premissa”.

Apoio aos dentistas

Ao abrir seu pronunciamento, Pirola manifestou apoio à pauta dos dentistas da rede municipal de Saúde que se faziam presentes à reunião. Recentemente, o governo municipal cortou a gratificação de 30% por periculosidade que era acrescida aos salários desses profissionais. Eles demandam agora a reestruturação da carreira. “A gente tem que olhar com outros olhos para o setor de Saúde, pois sem ele a cidade não anda”, disse o vereador. “A reivindicação é justa. Esperamos que a administração resolva o quanto antes essa pendência”. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também