AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 04/10 - 17H

imprensa

06/04/2022

Trânsito

Requerimento reforça pedidos para a implantação de redutores de velocidade ao Poder Executivo

Destaque

Um requerimento apresentado por Jean Dalmolin (Republicanos) e aprovado por unanimidade na sessão ordinária desta terça-feira, 5 de abril, questiona se há no Poder Executivo projeto para viabilizar a implantação de lombadas físicas, eletrônicas ou travessias elevadas em Brusque, demanda cobrada pela população.

O pedido registra ainda que o vereador já apresentou nove indicações neste sentido no ano de 2021. “Há uma certa demora em algumas demandas, há cobranças da população. Que seja um retorno positivo pela implementação da faixa, da lombada — seja qual for o redutor de velocidade — ou um retorno negativo, dizendo porque não vai ser implantado naquele local”, reclamou Dalmolin. “O pessoal quer uma resposta, seja positiva ou negativa, o povo quer um retorno”, acrescentou.

Em aparte, o vereador Ivan Martins (Republicanos) disse que a grande preocupação é a “não resposta por parte da Secretaria de Trânsito”. Martins acrescentou a necessidade de pinturas de faixas de pedestres e de lombadas, o que tem gerado reclamação de motoristas da cidade.

O líder de governo na Câmara, Nik Imhof (MDB), disse em aparte, que irá verificar com a pasta como estão sendo analisadas estas demandas, uma vez que “são mais de 200 pedidos de redutores de velocidade” procedentes do Poder Legislativo. Marlina Oliveira (PT) exaltou que não adianta os vereadores serem bem tratados no Executivo e “a população continuar esquecida como tem acontecido recorrentemente”. “Acho que a gente tem que firmar um pouco essa voz e cobrar”, frisou.

As ruas Gustavo Halfpap, Padre Antônio Eising, Azambuja, Nova Trento e Roberto Klabunde foram alvo de indicações de Dalmolin por apresentarem trânsito de alta velocidade ou risco de acidentes. “Próximo ao João XXIII, no 1° de Maio, a comunidade também está fazendo abaixo-assinado e a preocupação deles é principalmente perto das escolas, onde as crianças circulam”, destacou o parlamentar.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também