AGENDA

Sessão ordinária: 27/02/2020 - 17H

imprensa

04/12/2019

Livro

Câmara sedia o lançamento de “Flagelo da Malária em Brusque - Centenário de nascimento do padre Raulino Reitz”

Destaque

O Poder Legislativo sediou nesta terça-feira, 3 de dezembro, em sessão ordinária, o lançamento do livro “Flagelo da Malária em Brusque - Centenário de nascimento do padre Raulino Reitz”, que relata parte da biografia do sacerdote e botânico que se dedicou a diversas questões ambientais e realizou importantes estudos sobre a grave doença transmitida por mosquitos que vivem em regiões tropicais.

A obra, contemplada com recursos do Fundo Municipal de Apoio à Cultura de Brusque (FMAC), foi escrita pelo professor Aloisius Carlos Lauth, agraciado pelos vereadores com uma distinção legislativa. Na tribuna, o autor discorreu sobre alguns feitos do religioso, dentre os quais, a fundação do Museu Arquidiocesano de Artes Sacras, no bairro Azambuja.

“O homem vale o preço do cumprimento de sua missão”, disse Lauth a respeito da vida de Raulino Reitz. Ele lembrou que em 1960, o padre, natural de Antônio Carlos (SC), foi homenageado pela Câmara Municipal de Brusque com o título de Cidadão Honorário do município.

Zoobotânico

Em 1991, o então vereador Ivan José Walendowsky foi quem apresentou o projeto de lei que denominou o “Parque Ecológico Zoobotânico Padre Raulino Reitz”, espaço criado oficialmente em 1989. Walendowsky também esteve presente à sessão de lançamento do livro e, nesta oportunidade, voltou a ocupar a tribuna do parlamento: “Em sua trajetória como botânico e padre, Raulino Reitz foi uma pessoa excepcional”, afirmou.

Destaques

Organizador dos festejos do centenário de nascimento de Raulino Reitz pelo estado, Lauth anunciou a entrega de certificados de reconhecimento ao engenheiro Ivan José Walendowsky, ao presidente do Poder Legislativo, vereador José Zancanaro (PSD), e ao vereador Celso Emydio da Silva, o Dr. Celso (DEM), pela contribuição destes para com os eventos.

“Esta casa legislativa sente-se honrada de poder prestigiar este momento, de ser aqui o lançamento do livro sobre um homem tão brilhante como foi Raulino Reitz”, concluiu Zancanaro. Por fim, o presidente cumprimentou os oradores e também Igor Alves Balbinot, responsável pela Fundação Cultural de Brusque. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também