AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 18/12 - 17H

imprensa

16/02/2018

Pronunciamento

​Ana Helena Boos cobra cumprimento da lei do nepotismo por parte do executivo

Destaque

Em pronunciamento durante sessão ordinária desta quinta-feira, 15, a vereadora Ana Helena Boos (PP) cobrou o cumprimento da lei do nepotismo aprovada na casa legislativa, a vereadora falou de todo o processo que aconteceu na câmara para que esse projeto pudesse ser votado e aprovado, “nos dias 10 e 17 de outubro, observados todos os procedimentos legais, o plenário finalmente apreciou e aprovou em duas discussões o então projeto de lei 29/2017, incorporando ao mundo jurídico municipal um aprimoramento ético para diminuir o grau de influência do executivo nas deliberações da câmara por meio de expedientes deploráveis. No dia primeiro de novembro a ideia finalmente foi transformada em lei, a lei número 4.095, com a sanção do prefeito Jonas Oscar Paegle, sem nenhum veto, logo que se tornou público se tornou a fofoca apimentada de que não seria bom festejar, pois o executivo iria utilizar de vários expedientes protelatórios para a execução da lei, que era história para inglês ver, só teríamos uma lei que não teria efetividade na prática”. A vereadora disse que ficou satisfeita em saber que após a sanção da lei, o prefeito estava fazendo um levantamento interno para identificar os casos de nepotismo, porém, uma ação movida por partidos políticos pediu a anulação do referido projeto de lei, mesmo assim, segundo a parlamentar, a lei está em vigor, e questionou sobre o motivo pelo qual ela ainda não foi cumprida pelo executivo.

Sebastião Lima, o Dr. Lima (PSDB), em aparte, disse que esteve juntamente com o vereador Marcos Deichmann (PEN) em reunião com o executivo, e lhes foi informado que o referido levantamento sobre o nepotismo no executivo estava sendo feito.

Ao concluir seu pronunciamento a vereadora questionou sobre quando esta lei será cumprida, “a pergunta que fica realmente é esta, quando essa lei realmente vai ser cumprida? O prefeito já sabe quem são as pessoas que são ligadas aos parentes, então que ele comece a colocar em prática, a lei está em vigor a mais de seis meses, quando que ela efetivamente vai ter a prática? ”.

Assista ao vídeo:

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também