AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 21/11 - 17H

REUNIÃO CPI DO PROCESSO SELETIVO DO SAMAE : 04/12 - 14H

imprensa

09/11/2017

Pronunciamento

Rogério dos Santos presta homenagem aos professores pelo 15 de outubro

Destaque

Em pronunciamento durante a sessão ordinária da terça feira, 7, o vereador Rogério dos Santos (PSD) ocupou a tribuna para homenagear os professores, em alusão ao 15 de outubro, data em que anualmente é comemorado no Brasil o Dia do Professor.

Inicialmente, ele reverenciou os profissionais que se dedicam à Educação Infantil: “São os anjos da guarda das crianças, ensinando a base do saber, guiando os passos ainda temerosos nas sendas da virtude, aconselhando nas dúvidas, advertindo nas falhas”, disse, classificando essa categoria de educadores como “escultores de personalidade”.

Na sequência, o vereador dirigiu algumas palavras aos professores do Ensino Fundamental, “período cheio de espinhos e dificuldades, quando o educador se investe da tarefa de arrancar almas da ignorância, iluminar espíritos imersos em trevas, semear nas consciências juvenis o amor à virtude e ao bem”. Depois, falou àqueles que atuam com o Ensino Médio e o Ensino Superior, “trabalhando com as complexas reflexões científicas, forjando o homem do amanhã, os profissionais das próximas gerações”.

Por fim, Santos enalteceu os que trabalham com a Educação Especial: “São santos da era moderna, forjados pelo amor, a tolerância, a persistência e muito preparo pedagógico, para oferecer dignidade aos menos contemplados pela sorte”.

Ao concluir, afirmou: “As recompensas e os estímulos são poucos. No Brasil, ser professor parece um impulso de natureza divina, um prazer sacerdotal que vale à pena. Parabéns a todos os profissionais da educação”.

Nilson Pereira

Num segundo momento, o vereador manifestou indignação com o comportamento de algumas pessoas que, na sessão ordinária de 31 de outubro, das galerias do plenário, chamaram de mentiroso o vereador Nilson Pereira (PSB), quando este disse que o governo municipal está aplicando 23% do Orçamento na área da Saúde - a Constituição Federal determina que o percentual mínimo seja de 15%.

“Ele não é mentiroso, é um legítimo representante popular e não vem aqui com o aval da comunidade brusquense afirmar uma situação inverídica”, ressaltou, argumentando que tais informações se encontram disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura. Santos pediu, por fim, que o presidente da mesa diretora tome as devidas providências regimentais quando esse tipo de situação voltar a ocorrer.

Pereira, em aparte, agradeceu ao colega pelas palavras: “O que mais doeu é que eram pessoas esclarecidas, cientes do quanto é gasto na Saúde”. Também em apartes, manifestaram-se Sebastião Lima, o Dr. Lima (PSDB), Celso Carlos Emydio da Silva, o Dr. Celso (DEM), e Marcos Deichmann (PEN), todos de opiniões afins ao posicionamento de Santos sobre o assunto.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também